quinta-feira , 24 de setembro de 2020
Início Regional Com dois casos confirmados e um suspeito em Osvaldo Cruz, secretaria de...

Com dois casos confirmados e um suspeito em Osvaldo Cruz, secretaria de Saúde incentiva prevenção contra gripe suína

OSVALDO CRUZ – Dois casos confirmados e um em aberto (suspeito). Assim termina 2018 no quadro de pessoas contaminadas pelo vírus H1N1, que transmite a chamada gripe suína.

A enfermeira da Vigilâcia Epidemiológica, Camila Silva, destaca que o caso em aberto é de um morador de outra cidade, mas o exame foi coletado em Osvaldo Cruz e por isso está sob investigação da Secretaria de Saúde local.

“O vírus é circulante e também existe na época de verão. Desta maneira emitimos um alerta para estimular ações de prevenção, que vão além de manter o calendário vacinal em dia”, disse Camila.

Como a transmissão da H1N1 ocorre da mesma forma que na gripe comum, o melhor a fazer para evitar a contaminação é higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel ao longo do dia, evitar a aglomeração de pessoas, principalmente em ambientes fechados; não compartilhar copos, garrafas, talheres, toalhas e outros objetos pessoais; evitar tocar olhos, nariz ou bocas sem lavar as mãos.

“Além de adotar esses cuidados, as pessoas devem participar da campanha de vacinação realizada pela rede pública de saúde no meio do ano. A vacina não está disponível atualmente, mas lembramos que em épocas de campanha ela é gratuita para aqueles com maior risco de consequências graves à infecção, ou seja, idosos acima de 60 anos; crianças de seis meses a cinco anos; gestantes; mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias; trabalhadores de saúde; professores; indígenas e pessoas privadas de liberdade”, enfatizou a enfermeira.

Sobre a doença

A H1N1 é uma infecção viral aguda do sistema respiratório, de elevada transmissibilidade. A infecção geralmente é autolimitada, mas pode apresentar-se de forma grave. O causador da doença é um vírus subtipo de influenza A, resultado da combinação de segmentos genéticos dos vírus das gripes humana, aviária e suína.

Todos os sintomas da gripe comum no H1N1 ficam mais fortes, mas falta de ar e dor no tórax são mais frequentes nas infecções causadas por este novo vírus. Os sinais comuns a ambas são conhecidos pela maioria da população: febre, dor de cabeça, calafrios, coriza, dor de garganta, vermelhidão nos olhos e, às vezes, diarréia e vômito.

Qualquer medicação só deve ser tomada sob a devida orientação médica.

Fonte: ocnet